Covid-19 X Redes Sociais de Restaurantes

COMO POTENCIALIZAR AS VENDAS DE RESTAURANTES DURANTE A PANDEMIA

Olá!

Hoje falaremos sobre como uma pequena ou média empresa do ramo alimentício  podem potencializar suas vendas e não sair no prejuízo durante a pandemia do Covid-19, através do uso das redes sociais. 

A pandemia do Covid-19 vem causando um grande impacto negativo em grande parte da  economia e a diminuição do consumo em geral. Entretanto, o bom uso das redes sociais pode ser uma ferramenta-chave para incentivar a compra online e consequentemente,  afetar na geração de lucros.

As redes sociais podem ser utilizadas como forma de contato direta em relação ao cliente. Desta forma, a empresa deve criar conteúdos que gerem o sentimento de segurança ao cliente, tanto segurança de que o produto será manuseado de forma correta, de forma a demonstrar que não há riscos de uma possível exposição ao vírus, quando trouxer a segurança de que mudanças nas perspectivas de compra desse cliente não lhe acarretaram perdas monetárias ou de qualidade do produto. Assim sendo, a confiabilidade do consumidor passa a ser uma ferramenta indispensável para o crescimento das vendas online .

Conforme informações obtidas através da pesquisa da GlobalWebIndex, o tempo médio diário no qual os usuários utilizam as mídias sociais aumentou de 90 minutos em 2012 para 143 minutos em 2019. Com base no mesmo estudo, o perfil do brasileiro nas redes sociais, ficamos em segundo  lugar no ranking mundial, com cerca de 225 minutos na internet, fornecendo a América Latina o posto de região no mundo na qual mais se utilizam as redes sociais. 

A partir desses dados, pode-se perceber que as redes sociais, hoje, são uma das melhores formas de ter acesso ao consumidor, para criar uma conexão com ele e assim posteriormente gerar conversões em vendas. Dentro desse período, o essencial passa ser, abrir os olhos para novas oportunidades de mercado.

A empresa deve procurar fazer parte do cotidiano do consumidor, ser lembrada, para que a empresa seja remetida como sinônimo daquele produto.

Alguns modos que isso pode ser aplicado são:

  • o uso de stories diários;
  • o envio de cardápios e links de fácil acesso aos conteúdos whatsapp;
  • Promoção do delivery da empresa;
  • Divulgação de Vouchers de compra antecipadas;
  • Divulgação de novos produtos;
  • Divulgação de Pratos do dia/ Pratos em um geral no Status do whatsapp e Facebook;

Selecionamos alguns exemplos de medidas adotadas por empresas do ramo alimentício que vêm apresentando aumento nas vendas online. 

  • O primeiro é o caso do restaurante La Italiana Rotisseria, localizado em Curitiba – PR, que produz pratos e marmitas para entrega. A empresa italiana atualiza diariamente um cardápio que contém os alimentos frescos prontos para entrega, que é encaminhado pelo WhatsApp de seus clientes. O cliente paga e retira a refeição pronta diretamente no caixa, que fica ao lado de fora do restaurante, sem entrar no estabelecimento. A empresa está recebendo tantas demandas, que seus funcionários da cozinha estão chegando ainda mais cedo no estabelecimento, às 04h30 da manhã, todos os dias da semana, para iniciarem os preparativos e darem conta de todos os pedidos.
  • Outro caso de sucesso altamente notório são as empresas que estão mostrando ao público frequentemente a forma que os alimentos estão sendo preparados, desde a sua aquisição até a sua entrega. Isto é, publicam no feed e nos stories do Instagram; na status e na timeline do Facebook.


O que se pode perceber em relação ao uso das redes sociais para a promoção do seu negócio durante esse período  é que a transparência perante seus produtos e as medidas tomadas para a prevenção são fatores de grande relevância, bem como manter as redes atualizadas para que seu cliente não se esqueça de você e por último mas não menos importante estar pronto para se adaptar, ser resiliente, pois o momento é difícil ,porém pode se transformar em uma grande oportunidade de crescimento.

#restaurantes #alimentos #dicas #pequenosemediosnegocios

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *